Noruega - Como Circular

Como CircularComo Circular
Como Circular

Como Circular

     A Noruega é um país um pouco maior que o Estado de Goiás porém seu comprimento Norte-Sul pode chegar a 1.800 km. Já sua extensão Leste-Oeste não chega a 500 km. O interior do país é montanhoso, de difícil acesso e pouco habitado. Já o litoral abriga quase que a totalidade dos habitantes da Noruega.

 

     Existem estradas que ligam as cidades do país mas elas são muito estreitas e perigosas devido a suas curvas e a neve presente na maior parte do ano. No geral estas estradas apresentam boas condições de asfalto. Outro ponto negativo para a circulação de automóveis é a grande quantidade de balsas e a pouca existência de pontes. As balsas cruzam os fiordes de margem a margem e em alguns casos a espera pela travessia pode ser grande.

 

     As melhores maneiras de circular pelo país são de barco, navio ou avião.

 

DE BARCO:  a empresa  Hurtigruten  mantém linhas regulares de barco que viajam regularmente pela costa da Noruega a partir da cidade de Bergen ao sul, até a cidade de Kirkenes, no extremo norte na divisa com a Finlândia. Entre estas duas cidades o navio faz escalas em diversas cidades litorâneas o que facilita viajar pelo país. Existe a possibilidade de adquirir o bilhete online ou diretamente no navio ao embarcar. Há a possibilidade de reservar cabines e refeições para viagens mais longas. Entre junho e setembro a Hurtigruten opera a linha para o fiorde de Geiranger entre as cidades de Alesund e Geiranger.

 

     A Hurtigruten mantém conforto e entretenimento a seus passageiros dignos de um cruzeiros de lazer o que é extremamente necessário para os passageiros que pretendem fazer trechos longos. Uma viagem de Bergen a Kirkenes ou vice-versa dura 6 dias e 5 noites, mas vale mais a pena fazer esta viagem parando para conhecer algumas cidades no meio do percurso como Aalesund e Trondheim. Pelo site da empresa é possível verificar as datas de partida pois as viagens não são diárias. É importantíssimo para o planejamento da viagem.

 

     Existem outras pequenas linhas regionais no interior do país que ligam pequenas cidades localizadas em um mesmo fiorde. Algumas embarcações permitem o transporte de carros.

 

DE AVIÃO:  a  Norwegian  e a  Scandinavian  operam vôos nas principais cidades norueguesas com preços muitas vezes convidativos.

 

DE TREM: há poucas linhas de trem no país e a empresa   NSB   é a responsável por administrá-las. A principal delas liga a capital Oslo a Bergen, a segunda cidade mais populosa. Neste caso vale à pena fazer o trajeto de trem e aproveitar para vivenciar uma das viagens turísticas mais famosas, a   Flamsbana.

A Flamsbana é um pequeno trecho de 20 km de ferrovia e liga as cidades de Myrdal no alto da serra e Flam, já no nível do mar. A viagem percorre um desfiladeiro de quase mil metros de desnível passando por vales e cachoeiras. 

Outras linhas importantes são as que ligam Oslo às cidades sulistas de Kristiansand e Stavanger. Para o norte existem 2 linhas que lingam Oslo a Andalsnes e Trondheim.

 

DE CRUZEIRO: a Costa Cruzeiros e a NCL (Norwegian Cruise Line) oferecem roteiros que inlcuem a Noruega dentro de uma viagem maior que normalmente incluem outros países da Escandinávia. Alguns roteiros incluem as cidades de Oslo, Bergen e Geiranger. 


     Algumas operadoras turísticas especializadas em Europa oferecem roteiros regulares que mesclam trechos por terra, navio e avião. Neste caso consulte seu agente de viagens.

Como Circular

Como Circular

     A Noruega é um país um pouco maior que o Estado de Goiás porém seu comprimento Norte-Sul pode chegar a 1.800 km. Já sua extensão Leste-Oeste não chega a 500 km. O interior do país é montanhoso, de difícil acesso e pouco habitado. Já o litoral abriga quase que a totalidade dos habitantes da Noruega.

 

     Existem estradas que ligam as cidades do país mas elas são muito estreitas e perigosas devido a suas curvas e a neve presente na maior parte do ano. No geral estas estradas apresentam boas condições de asfalto. Outro ponto negativo para a circulação de automóveis é a grande quantidade de balsas e a pouca existência de pontes. As balsas cruzam os fiordes de margem a margem e em alguns casos a espera pela travessia pode ser grande.

 

     As melhores maneiras de circular pelo país são de barco, navio ou avião.

 

DE BARCO:  a empresa  Hurtigruten  mantém linhas regulares de barco que viajam regularmente pela costa da Noruega a partir da cidade de Bergen ao sul, até a cidade de Kirkenes, no extremo norte na divisa com a Finlândia. Entre estas duas cidades o navio faz escalas em diversas cidades litorâneas o que facilita viajar pelo país. Existe a possibilidade de adquirir o bilhete online ou diretamente no navio ao embarcar. Há a possibilidade de reservar cabines e refeições para viagens mais longas. Entre junho e setembro a Hurtigruten opera a linha para o fiorde de Geiranger entre as cidades de Alesund e Geiranger.

 

     A Hurtigruten mantém conforto e entretenimento a seus passageiros dignos de um cruzeiros de lazer o que é extremamente necessário para os passageiros que pretendem fazer trechos longos. Uma viagem de Bergen a Kirkenes ou vice-versa dura 6 dias e 5 noites, mas vale mais a pena fazer esta viagem parando para conhecer algumas cidades no meio do percurso como Aalesund e Trondheim. Pelo site da empresa é possível verificar as datas de partida pois as viagens não são diárias. É importantíssimo para o planejamento da viagem.

 

     Existem outras pequenas linhas regionais no interior do país que ligam pequenas cidades localizadas em um mesmo fiorde. Algumas embarcações permitem o transporte de carros.

 

DE AVIÃO:  a  Norwegian  e a  Scandinavian  operam vôos nas principais cidades norueguesas com preços muitas vezes convidativos.

 

DE TREM: há poucas linhas de trem no país e a empresa   NSB   é a responsável por administrá-las. A principal delas liga a capital Oslo a Bergen, a segunda cidade mais populosa. Neste caso vale à pena fazer o trajeto de trem e aproveitar para vivenciar uma das viagens turísticas mais famosas, a   Flamsbana.

A Flamsbana é um pequeno trecho de 20 km de ferrovia e liga as cidades de Myrdal no alto da serra e Flam, já no nível do mar. A viagem percorre um desfiladeiro de quase mil metros de desnível passando por vales e cachoeiras. 

Outras linhas importantes são as que ligam Oslo às cidades sulistas de Kristiansand e Stavanger. Para o norte existem 2 linhas que lingam Oslo a Andalsnes e Trondheim.

 

DE CRUZEIRO: a Costa Cruzeiros e a NCL (Norwegian Cruise Line) oferecem roteiros que inlcuem a Noruega dentro de uma viagem maior que normalmente incluem outros países da Escandinávia. Alguns roteiros incluem as cidades de Oslo, Bergen e Geiranger. 


     Algumas operadoras turísticas especializadas em Europa oferecem roteiros regulares que mesclam trechos por terra, navio e avião. Neste caso consulte seu agente de viagens.