Caldas Novas - Pontos Turísticos e Clubes da Cidade

Di Roma Aqua ParkLagoa Quente ThermasSesc Caldas NovasClube Privê e Water ParkNáutico Praia ClubeParque Estadual (PESCAN)Parque Estadual (PESCAN)Jardim JaponêsCasarão dos Gonzaga
Di Roma Aqua Park

Di Roma Aqua Park

O Grupo di Roma, um dos mais tradicionais da cidade, oferece 9 opções de hospedagem além do parque aquático Di Roma Acqua Park, o maior do Centro da cidade.

 

O Acqua Park fica em um terreno desnivelado e por conta disto podemos dividí-lo em 3 partes. A parte mais baixa, próxima a portaria, é área das crianças, onde se encontram as piscinas infantis mais rasas, com toboáguas, além do berçário, o fraldário e a Copa da Mamãe.

 

Diroma _02

 Foto: Rafael D'Angelo.

 

O segundo nível, é onde se encontra a piscina de ondas, com uma equipe de recreação animando os banhistas.

 

O terceiro nível, e mais alto, conhecido como Splash, é a parte mais nova e mais divertida do parque. É onde se encontram o navio pirata, o rio lento, os principais toboáguas e o vulcão, de onde descem os toboáguas mais radicais.

 

Onde: Rua São Cristóvão, 1.110, a mil metros do Shopping Tropical.

$: adultos pagam R$ 65,00, crianças entre 7 e 11 anos pagam R$ 40,00, crianças até 6 anos acompanhadas dos pais não pagam e adultos com mais de 60 anos pagam R$ 35,00.

Horários: 

Tempo de visita: um dia inteiro.

Estrutura básica: há estacionamento, berçário, fraldário, restaurante, lanchonete, bar molhado, sorveteria e guarda-volumes.

Estrutura de lazer: toboáguas, piscinas termais para adultos e infantis, piscina de ondas, monitores de lazer, música ambiente, ofurô, hidromassagem, saunas e duchas.

Site: www.diroma.com.br/index.php/acqua-park

 

Diroma _03

Foto: Rafael D'Angelo.

Lagoa Quente Thermas

Lagoa Quente Thermas

O Lagoa Quente Thermas é um dos mais tradicionais clubes da cidade. Ele se localiza a 8 km do Centro, na rodovia que liga Caldas Novas e Pires do Rio. O lugar escolhido para construir o clube tem importância histórica para a cidade.

 

Nas dependências do clube se encontra a Lagoa Quente, lugar onde o bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva Filho em 1722, descobriu a lagoa que brotava as águas quentes, que hoje dão à cidade o título de maior Estância Hidrotermal do planeta.

 

A Lagoa Quente em si não tem mais água quente e está suja. Ela se encontra próximo às margens do Rio Pirapetinga onde foram perfurados alguns poços para brotar a água quente que vem do lençol freático no subsolo da região.  Um destes poços foi batizado como o "Poço Cozinha Ovos", devido a temperatura de suas águas, na casa dos 60 graus. Não dá para ficar com a mão dentro do poço por mais de 5 segundos. 

 

O clube em si é bom para quem tem crianças pois não é grande, as piscinas infantis são boas e tem um bom restaurante.

 

 

Lagoa -quente _02

 Hot Half. Foto: Rafael D'Angelo.

 

Onde: rodovia GO-309 / GO-412, saída para Pires do Rio, a 8 km do Centro.

$: adultos entre 11 e 59 anos pagam R$ 65,00, adultos a partir de 60 anos pagam R$ 67,00, e crianças até 10 anos acompanhadas dos pais não pagam. Há a possibilidade de incluir uma refeição no valor do ingresso. Confira tabela completa no site www.lagoaquente.com.br/site/Tarifario.php.

Horários: de terça à domingo das 08:30 às 18h. O parque fecha às segundas-feiras exceto durante a alta temporada e feriados.

Tempo de visita: de meio período a um dia inteiro.

Estrutura básica: há estacionamento (R$ 10,00 para não sócios), restaurante e loja. 

Estrutura de lazer: piscinas termais adulto e infantil, toboáguas, escorregadores, mini tiroleza, mini escalada, e a grande atração, o Hot Half, um tipo de meio tubo onde você pode descer com uma bóia e sentir a mesma emoção que um skatista.

Site: www.lagoaquente.com.br

 

Lagoa -quente _03

 Poço Cozinha Ovos. Foto: Rafael D'Angelo.

Sesc Caldas Novas

Sesc Caldas Novas

Um dos clubes mais tradicionais do Centro da cidade é o SESC. O parque aquático não é tão grande e não tem tobogãs radicais como outros clubes. O que o diferencia dos demais clubes é a maior área verde do Centro da cidade com pista de cooper e caminhadas, além de dois campos de futebol, uma quadra de tenis e uma quadra poliesportiva. 

 

Sesc _02

Foto: Rafael D'Angelo.

 

Sua estrutura no geral é muito boa para a família, com algumas piscinas infantis, um bom restaurante, biblioteca, sauna, sala de recreação infantil e um bom hotel, específico para os sócios do SESC.

 

Nas dependências do SESC, também se encontra a casa mais antiga de Caldas Novas

 

Onde: Avenida Ministro Elias Bufáiçal, nº 600 - Bairro do Turista I. A portaria principal se encontra neste endereço e atende os hóspedes do Sesc. A portaria do clube, para quem vai passar o dia, se encontra na Rua Maria Paula.

$: 

Horários: todos os dias das 8h às 19h.

Tempo de visita: meio dia ou dia inteiro.

Estrutura básica: 

Estrutura de lazer: 

Site: www.sescgo.com.br/pt-br/site.php?secao=caldasnovas&pub=2760&area=sesc

 

Sesc _03

Piscina infantil. Foto: Rafael D'Angelo.

Clube Privê e Water Park

Clube Privê e Water Park

A rede de hotéis Privê, uma das mais tradicionais da cidade, mantém dois clubes no Centro da cidade: o Clube Privê e o Water Park, sendo este último inaugurado há pouco tempo.

 

Ambos dividem o mesmo quarteirão mas não há acesso de um para o outro. O ingresso que você adquirir só da direito ao parque aquático que você escolheu. Quem se hospeda em um dos três hotéis da rede privê (Hotel Privê, Privê Boulevard ou Riviera Park) tem direito à entrada gratuita ilimitada em qualquer um dos clubes durante a estadia. 

 

Waterpark _02

Water Park. Foto: Rafael D'Angelo.

 

Não há tanta diferença entre os dois parques, exceto pela data de inauguração, e pelo fato de que o Water Park é um pouco maior. Não são parques aquáticos grandes, mas tem o tamanho ideal para quem tem crianças pequenas, e além disso há muita diversão para todas as idades nas piscinas e nos toboáguas.

 

Ambos tem piscinas termais para adultos e para crianças, toboáguas adultos e infantis, lanchonete e equipe de recreação. A grande diferença é que no Water Park há uma piscina de ondas e o Clube Privê não tem, além de haver 2 toboáguas mais radicais no Water Park, sendo um deles totalmente escuro por dentro. 

 

Se tivesse que escolher entre um deles, eu ficaria com o Water Park.

 

Onde: a entrada do Clube Privê é pela Av. Cel. Cirilo L. de Moraes e a entrada do Water Park se dá pelo lado oposto do quarteirão, na Rua Dona Madalena.

$ Clube Privê: adultos pagam R$ 35,00 e crianças até 7 anos não pagam. Há descontos para a melhor idade.

$ Water Park: adultos pagam R$ 60,00 e crianças até 7 anos não pagam. Há descontos para a melhor idade.

Horários: o Clube Privê funciona de quarta à domingo das 9h às 20h. O Water Park funciona de sexta à quarta-feira das 9h às 18h. 

Tempo de visita: meio dia ou um dia inteiro.

Site: www.privecaldasnovas.com.br

 

Waterpark _03

 Clube Privê. Foto: Rafael D'Angelo.

Náutico Praia Clube

Náutico Praia Clube

O Náutico Praia Clube, recentemente adquirido pelo Grupo Privê, é uma excelente opção para quem quer agregar uma paisagem mais natural com a diversão de um cllube.

 

Apesar de ser longe do Centro, a aproximadamente 9 km, vale muito à pena ir. Há elementos que o igualariam aos outros clubes da cidade, como piscina de ondas, piscinas para adultos e crianças e toboáguas radicais. Mas há dois grandes diferenciais, o primeiro é o passeio de escuna pelo Lago Corumbá e o segundo é a grande playground para as crianças.

 

Nautico 03

Foto: Rafael D'Angelo

 

O passeio de escuna, que dura cerca de 40 minutos, pode ser adquirido lá mesmo. Nos dias da semana, durante a baixa temporada, o embarque é feito por volta das 14 horas. Durante os finais de semana e feriados, se houver muitos interessados, há uma saída pela manhã. 

 

Onde: na beira do Lago Corumbá, a aproximadamente 9 km do Centro. Há placas indicativas pela cidade. O melhor caminho é pela Av. das Nações, pela Rua das Papoulas, pela Rua D e pela Av. Caminho do Lago. Só dá para chegar ao clube de carro ou táxi. As agências de turismo locais costumam oferecer este passeio com traslados inclusos.

$: 

Horários: 

Tempo de visita: um dia inteiro.

Estrutura básica: há restaurante, vestiários e estacionamento.

Estrutura de lazer: piscinas termais e não termais, adultos e uma infantil, além de uma piscina de ondas e 4 tobogãs radicais, área de lazer para crianças, quadra de vôlei de praia, passeio de escuna pelo Lago Corumbá. Não é permitido nadar no lago.

Site: www.nauticopraiaclube.com.br

 

Nautico 02

Foto: Rafael D'Angelo.

Parque Estadual (PESCAN)

Parque Estadual (PESCAN)

Localizado a 6 km do Centro da cidade, o PESCAN (Parque Estadual da Serra de Caldas Novas) oferece trilhas, cachoeiras e um belo mirante de onde é possível ter uma vista geral da cidade.

Ao chegar na portaria do parque você deve adquirir o bilhete que custa R$ 5,00 e você receberá as instruções de como pegar as duas trilhas existentes no parque. As trilhas são bem sinalizadas e ao longo delas é possível observar espécies de árvores típicas do cerrado com placas indicativas.

 

TRILHA DA CASCATINHA: é mais curta com 600 metros de extensão aproximadamente. A trilha é mais fechada em meio à mata e por conta disso a sombra nos protege do sol. É uma trilha fácil de se fazer pois não há subidas significantes. O tempo para percorrê-la depende do ritmo e da facilidade com a qual você a enfrentará, e isso pode levar de 5 a 10 minutos.

No final você será presenteado com um lago formado pelas águas da pequena queda da Cascatinha, no qual você poderá dar um mergulho. 

Esta trilha é indicada para todas as pessoas, mesmo com poucas condições físicas. Só não a indicamos para pessoas com dificuldades de locomoção.

 

TRILHA DO PAREDÃO: é a mais longa e a mais difícil, com mil metros de extensão aproximadamente, com aclives e declives, facilitados por escadarias de pedra e corrimão.

Até um certo ponto é a mesma trilha que segue para o Mirante, mas após uma bifurcação sinalizada, você pode escolher ir primeiro ao Paredão, à direita, ou ao Mirante, à esquerda.

Sugerimos seguir primeiro ao Mirante, onde após a bifurcação há uma subida bem íngreme com escadaria de pedra e pouca vegetação, com sol à pino. Por conta disto, é a parte mais difícil de todas as trilhas do parque. Mas vale à pena, quando se chega ao Mirante, 20 minutos depois, a vista é muito bela.

Do Mirante há um atalho para o Paredão. É só retornar por alguns metros até a pequena trilha não sinalizada à esquerda, que desce até o Paredão. Em pouco menos que 5 minutos se chega lá.

Após um belo mergulho e algumas fotos, retorne pela trilha beirando o riozinho, subindo e descendo alguns degraus, até que se chega de volta à portaria do parque, 10 minutos depois.

 

Onde: a portaria se encontra a 6 km do Centro da cidade. Acesso pela Av. Cel. Bento de Godoy. Somente há acesso de carro ou então vá de táxi (R$ 50,00 ida e volta).

$: R$ 5 para entrar no parque.

Horários: aberto todos os dias das 8h às 15h. A última entrada ocorre às 15h mas o parque fica aberto até ás 17h.

Tempo de visita: 2 horas com paradas para banho.

Estrutura: há estacionamento gratuito e sanitários. Não há lanchonete, portanto recomendamos levar sua própria refeição. Há um bebedouro na portaria. Leve sua própria garrafa de água e não descarte o lixo dentro do parque.

Parque Estadual (PESCAN)

Parque Estadual (PESCAN)

Localizado a 6 km do Centro da cidade, o PESCAN (Parque Estadual da Serra de Caldas Novas) oferece trilhas, cachoeiras e um belo mirante de onde é possível ter uma vista geral da cidade.

Ao chegar na portaria do parque você deve adquirir o bilhete que custa R$ 5,00 e você receberá as instruções de como pegar as duas trilhas existentes no parque. As trilhas são bem sinalizadas e ao longo delas é possível observar espécies de árvores típicas do cerrado com placas indicativas.

 

TRILHA DA CASCATINHA: é mais curta com 600 metros de extensão aproximadamente. A trilha é mais fechada em meio à mata e por conta disso a sombra nos protege do sol. É uma trilha fácil de se fazer pois não há subidas significantes. O tempo para percorrê-la depende do ritmo e da facilidade com a qual você a enfrentará, e isso pode levar de 5 a 10 minutos.

No final você será presenteado com um lago formado pelas águas da pequena queda da Cascatinha, no qual você poderá dar um mergulho. 

Esta trilha é indicada para todas as pessoas, mesmo com poucas condições físicas. Só não a indicamos para pessoas com dificuldades de locomoção.

 

TRILHA DO PAREDÃO: é a mais longa e a mais difícil, com mil metros de extensão aproximadamente, com aclives e declives, facilitados por escadarias de pedra e corrimão.

Até um certo ponto é a mesma trilha que segue para o Mirante, mas após uma bifurcação sinalizada, você pode escolher ir primeiro ao Paredão, à direita, ou ao Mirante, à esquerda.

Sugerimos seguir primeiro ao Mirante, onde após a bifurcação há uma subida bem íngreme com escadaria de pedra e pouca vegetação, com sol à pino. Por conta disto, é a parte mais difícil de todas as trilhas do parque. Mas vale à pena, quando se chega ao Mirante, 20 minutos depois, a vista é muito bela.

Do Mirante há um atalho para o Paredão. É só retornar por alguns metros até a pequena trilha não sinalizada à esquerda, que desce até o Paredão. Em pouco menos que 5 minutos se chega lá.

Após um belo mergulho e algumas fotos, retorne pela trilha beirando o riozinho, subindo e descendo alguns degraus, até que se chega de volta à portaria do parque, 10 minutos depois.

 

Onde: a portaria se encontra a 6 km do Centro da cidade. Acesso pela Av. Cel. Bento de Godoy. Somente há acesso de carro ou então vá de táxi (R$ 50,00 ida e volta).

$: R$ 5 para entrar no parque.

Horários: aberto todos os dias das 8h às 15h. A última entrada ocorre às 15h mas o parque fica aberto até ás 17h.

Tempo de visita: 2 horas com paradas para banho.

Estrutura: há estacionamento gratuito e sanitários. Não há lanchonete, portanto recomendamos levar sua própria refeição. Há um bebedouro na portaria. Leve sua própria garrafa de água e não descarte o lixo dentro do parque.

Jardim Japonês

Jardim Japonês

Apesar da imigração japonesa não fazer parte da história de Caldas Novas há um Jardim Japonês na cidade. É um lugar agradável com o jardim rodeando um lago por um caminho circular que deve ser seguido no sentido anti-horário (à partir da direita). 

 

Jardim _japones _02

Gameleira de mais de 150 anos. Foto: Rafael D'Angelo.

 

Dois grandes destaques deste lugar não são orientais e fazem parte da história da cidade. O primeiro é a enorme gameleira, árvore com mais de 150 anos e tronco grande. O segundo é a Casa Goiana, a segunda mais antiga da cidade, construída no século XVIII, e que abriga um pequeno museu com objetos das famílias que ali viveram durante várias épocas diferentes.

 

Onde: Av. Santo Amaro, próximo ao Shopping Serra Verde, na saída para Goiânia.

$: R$ 3,00, com direito a um cartão postal.

Horários: 

Tempo de visita: 1 hora.

 

Jardim _japones _03

Casa Goiana do século XVIII. Foto: Rafael D'Angelo.

Casarão dos Gonzaga

Casarão dos Gonzaga

Caldas Novas não é um destino histórico ou cultural, mas a cidade preservou três casarões históricos: o mais antigo que remonta ao século XVIII se encontra no Sesc; o segundo mais antigo que também remonta ao século XVIII, se encontra no Jardim Japonês; e o terceiro mais antigo, construído em 1808, é conhecido como Casarão dos Gonzaga.

 

Hoje o Casarão dos Gonzaga faz parte do circuito regular de city tour operado pelas agências locais e abriga o Centro de Apoio ao Artesão, onde ocorrem oficinas de artesanato.

 

Dentro há um pequeno museu com objetos da família Gonzaga, habitantes desta antiga residência. Há também um mural com fotos de ex-prefeitos. No quintal é possível apreciar uma das delícias locais, o Mané Pelado, bolo de mandioca com queijo e coco ralado, feito por uma habitante local.

 

Onde: Rua Coronel Gonzaga, s/n

$: entrada gratuita

Horários: todos os dias das 9h às 21h.

Tempo de visita: 30 minutos