Nova Iorque - Pontos Turisticos

Times SquareEstátua da LiberdadeEstátua da LiberdadeEmpire State BuildingEmpire State BuildingTop of the Rock (Rockfeller Center)Chrysler BuildingCentral ParkHigh Line ParkBrooklyn BridgeFinancial DistrictMuseu de História NaturalMetropolitan MuseumIntrepid MuseumGuggenheim MuseumMadame TussaudsNew York Public LibraryMadison Square GardenRoosevelt IslandGrand Central Station
Times Square

Times Square

     A Times Square se forma no encontro da Broadway com a 7th avenida na altura das ruas 42nd e 47th. É o principal ponto de referência de Manhattan onde pedestres e automóveis dividem as ruas e as calçadas. A "praça" é famosa por seus letreiros de neon coloridos das lojas, das casas de shows da Broadway e da Nasdaq, uma das principais bolsas de valores do mundo, que se encontra no local.

 

     A Times Square concentra os estúdios da rede de televisão ABC e da Virgin Records, além dos teatros onde são apresentados os famosos shows da Broadway e de lojas famosas.

 

     Na virada do ano milhares de pessoas se aglomeram para comemorar a passagem de ano, evento televisionado para o mundo inteiro.

 

15 SEGUNDOS DE FAMA: no painel acima da loja American Eagle Outfitters você pode ter seus 15 segundos de fama (15 seconds of fame) ao adquirir um produto da loja ou se você pagar uma taxa, você escolhe uma frase que quiser no idioma que quiser, tira sua foto e de quem estiver junto e depois de 15 minutos aparecerá sua foto no telão com sua mensagem, por 15 segundos.

 

15seconds

Foto: Fernando D'Angelo.

 

Onde: cruzamento da Broadway com a 7th avenida na altura das ruas 42nd e 47th

Metrô: estação Times Square / 42nd Street nas linhas Vermelha1Vermelha2Vermelha3Roxo7Amarela _NAmarela _QAmarela _RCinza _S

Site:  www.timessquarenyc.org

 

Times _Square 02

Times Square à noite. Foto: Kconnors.

Estátua da Liberdade

Estátua da Liberdade

     A estátua da Liberdade é o maior ícone da cidade e do país, e um dos lugares mais reconhecidos do mundo. Com quase 93 metros de altura desde o chão até a tocha o monumento foi dado de presente aos americanos pelos franceses pelo centenário da assinatura da Declaração da Independência dos Estados Unidos. Sua obra foi projetada e construída pelo escultor francês Frédéric Auguste Bartholdi que se insipirou no Colosso de Rodes, na Grécia. A estrutura metálica de sustentação interna foi desenvolvida por Gustave Eiffel, o idealizador da Torre Eiffel em Paris.

 

     Para chegar até a Liberty Island, onde se encontra a estátua, deve-se pegar um barco em Battery Park, no extremo sul de Manhattan. A fila para a compra de ingressos pode ser grande durante a alta temporada e aos finais de semana, portanto chegue cedo, ou adquira o bilhete através do New York Pass. O barco demora em torno de 20 minutos para ir e 30 minutos para voltar, fazendo uma escala em Ellis Island na volta, onde se encontra o Museu de Imigração.

 

Liberdade 05

Battery Park. Foto: Paula Fonseca.

 

     Da pequena Liberty Island é possível apreciar a linda paisagem do sul de Manhattan, a olho nú ou à partir dos grandes binóculos disponíveis próximos ao pier. 

           

Onde:   o barco para a Liberty Island parte e chega de Battery Park.

Metrô:  estação Bowling Green nas linhas Verde4 e Verde5 ou estação Whitehall Street / South Ferry nas linhas Vermelha1 e Amarela _R.

Horários:  o primeiro barco parte de Battery Park às 08:30 e o último retorna às 16:30.

$:  US$ 17,00 somente acesso à ilha e US$ 20,00 incluindo a subida à coroa. A

bilheteria se encontra no Clinton Castle no Battery Park.

City Pass:  incluído

Site: www.statuecruises.com

 

Liberdade 04_ellis _island

Ellis Island. Foto: Paula Fonseca.

Estátua da Liberdade

Estátua da Liberdade

     A estátua da Liberdade é o maior ícone da cidade e do país, e um dos lugares mais reconhecidos do mundo. Com quase 93 metros de altura desde o chão até a tocha o monumento foi dado de presente aos americanos pelos franceses pelo centenário da assinatura da Declaração da Independência dos Estados Unidos. Sua obra foi projetada e construída pelo escultor francês Frédéric Auguste Bartholdi que se insipirou no Colosso de Rodes, na Grécia. A estrutura metálica de sustentação interna foi desenvolvida por Gustave Eiffel, o idealizador da Torre Eiffel em Paris.

 

     Para chegar até a Liberty Island, onde se encontra a estátua, deve-se pegar um barco em Battery Park, no extremo sul de Manhattan. A fila para a compra de ingressos pode ser grande durante a alta temporada e aos finais de semana, portanto chegue cedo, ou adquira o bilhete através do New York Pass. O barco demora em torno de 20 minutos para ir e 30 minutos para voltar, fazendo uma escala em Ellis Island na volta, onde se encontra o Museu de Imigração.

 

Liberdade 05

Battery Park. Foto: Paula Fonseca.

 

     Da pequena Liberty Island é possível apreciar a linda paisagem do sul de Manhattan, a olho nú ou à partir dos grandes binóculos disponíveis próximos ao pier. 

           

Onde:   o barco para a Liberty Island parte e chega de Battery Park.

Metrô:  estação Bowling Green nas linhas Verde4 e Verde5 ou estação Whitehall Street / South Ferry nas linhas Vermelha1 e Amarela _R.

Horários:  o primeiro barco parte de Battery Park às 08:30 e o último retorna às 16:30.

$:  US$ 17,00 somente acesso à ilha e US$ 20,00 incluindo a subida à coroa. A

bilheteria se encontra no Clinton Castle no Battery Park.

City Pass:  incluído

Site: www.statuecruises.com

 

Liberdade 04_ellis _island

Ellis Island. Foto: Paula Fonseca.

Empire State Building

Empire State Building

     Um dos grandes ícones de Nova Iorque, o Empire State Building é o mais alto arranha-céu da cidade com seus 441,50 metros de altura incluindo a antena e 102 andares. É um dos pontos turísticos mais procurados da cidade. Sua construção foi concluída em 1931 e naquele período ele se tornou o edifício mais alto do mundo.

 

     Em seu topo se encontram 2 mirantes, um no andar 86 e outro no andar 102. Há a possibilidade de comprar ingressos para os 2. Lá do alto é possível admirar toda a cidade de Nova Iorque com destaque para a própria ilha de Manhattan e dá para se ter uma noção da grandiosidade da cidade. Por isso, recomendamos ser o primeiro ponto turístico a ser visitado em sua viagem à Nova Iorque.

 

     Durante o período das 10h às 22h as filas são maiores e costumam durar até uma hora para subir aos observatórios.

 

Empirestate 04

Foto: Paula Fonseca.

 

Onde:  34th Street entre as avenidas 5th e a 6th.

Metrô:  estação 34th Street / Herald Square nas linhas Laranja _BLaranja _DLaranja _FLaranja _MAmarela _NAmarela _QAmarela _R.

Horário:  todos os dias das 8h à 01:15 da madrugada.

$:  US$ 27,00 para visitar somente o Main Deck (observatório do 86º andar); US$ 44,00 para visitar os dois observatórios (Main Deck e Observatory no 102º andar). Há a possibilidade de adquirir o bilhete Express para evitar as filas. O valor varia entre US$ 50,00 e US$ 67,00 dependendo dos observatórios escolhidos.

City Pass:  cobre a entrada para o observatório.

Site:  www.esbnyc.com

 

Empirestate 02

Empire State à noite visto do Top of the Rock. Foto: Paula Fonseca.

Empire State Building

Empire State Building

     Um dos grandes ícones de Nova Iorque, o Empire State Building é o mais alto arranha-céu da cidade com seus 441,50 metros de altura incluindo a antena e 102 andares. É um dos pontos turísticos mais procurados da cidade. Sua construção foi concluída em 1931 e naquele período ele se tornou o edifício mais alto do mundo.

 

     Em seu topo se encontram 2 mirantes, um no andar 86 e outro no andar 102. Há a possibilidade de comprar ingressos para os 2. Lá do alto é possível admirar toda a cidade de Nova Iorque com destaque para a própria ilha de Manhattan e dá para se ter uma noção da grandiosidade da cidade. Por isso, recomendamos ser o primeiro ponto turístico a ser visitado em sua viagem à Nova Iorque.

 

     Durante o período das 10h às 22h as filas são maiores e costumam durar até uma hora para subir aos observatórios.

 

Empirestate 04

Foto: Paula Fonseca.

 

Onde:  34th Street entre as avenidas 5th e a 6th.

Metrô:  estação 34th Street / Herald Square nas linhas Laranja _BLaranja _DLaranja _FLaranja _MAmarela _NAmarela _QAmarela _R.

Horário:  todos os dias das 8h à 01:15 da madrugada.

$:  US$ 27,00 para visitar somente o Main Deck (observatório do 86º andar); US$ 44,00 para visitar os dois observatórios (Main Deck e Observatory no 102º andar). Há a possibilidade de adquirir o bilhete Express para evitar as filas. O valor varia entre US$ 50,00 e US$ 67,00 dependendo dos observatórios escolhidos.

City Pass:  cobre a entrada para o observatório.

Site:  www.esbnyc.com

 

Empirestate 02

Empire State à noite visto do Top of the Rock. Foto: Paula Fonseca.

Top of the Rock (Rockfeller Center)

Top of the Rock (Rockfeller Center)

     Do alto de um dos edifícios do complexo conhecido como Rockfeller Center existe uma das vistas mais lindas de Nova Iorque, o Top of the Rock. É o grande concorrente do mirante do Empire State Building. Vale à pena conhecer os dois mas o Top of the Rock tem dois lados positivos: a vista mais completa do Central Park e a própria vista do Empire State Building, principalmente de noite, quando a cidade acende suas coloridas luzes.

 

Onde: entrada pela 50th Street entre as avenidas 5th e a 6th.

Metrô: estação 47th -50th Streets / Rockfeller Center, nas linhas  Laranja _BLaranja _DLaranja _FLaranja _M, a 250 metros.

Horário: todos os dias das 8h à meia-noite.

$: US$ 27,00 para o observatório e US$ 17,00 para o tour no Rockfeller Center. Há a possibilidade de já marcar a data e o horário evitando as filas ou adquira o bilhete aberto sem data marcada. O bilhete combo que inclui os dois passeios custa US$ 38,00.

City Pass: incluído

Site: www.topoftherocknyc.com

 

Top _of _the _rock 02

Pista de patinação no Rockfeller Center. Foto: Paula Fonseca.

 

Chrysler Building

Chrysler Building

     O Edifício da Chrysler (Chrysler Building) é a sede da montadora de automóveis Chrysler. Foi construído em 1930 e foi por um curto período de tempo o edifício mais alto do mundo, com 319 metros de altura, superando a Torre Eiffel. Um ano depois, com a inauguração do Empire State Building, ele perdeu o título. Hoje ele é o terceiro mais alto da cidade.

 

     De qualquer forma, o Chrysler Building é o mais belo arranha-céu da cidade. Uns dizem que o seu topo lembra um radiador. Outros dizem que o seu formato foi inspirado nos carros Plymouth, fabricados pela Chrysler.

 

     Não há possibilidade de visitá-lo por dentro já que o edifício não é aberto ao público. É possível admirá-lo do Empire State Building, do Top of the Rock, ou de qualquer vista de Manhattan partindo do Brooklyn ou do Queens.

 

Onde: 405 Lexington Avenue, ao lado da Grand Central Station.

 

Metrô: estação Grand Central Station / 42nd Street nas linhas Cinza _SVerde4Verde5Verde6 e Roxo7

Central Park

Central Park

     Com 3,4 km² (341 hectares) o Central Park é o pulmão da cidade e o grande quintal dos novaiorquinos e dos turistas. Dá para se ter uma noção do tamanho do parque do alto do Empire State Building ou do Top of the Rock. Aos finais de semana o parque fica repleto de pessoas fazendo pic-nic, jogando beisebol ou simplesmente passeando pelas trilhas em meio ao verde e às lagoas. Durante o inverno o verde dá lugar ao gelo. É quando o parque recebe rinques de patinação

 

     Além disso, é possível visitar o Zoológico do Central Park, alugar uma bicicleta ou fazer um passeio de charrete. Em seu entorno se encontram algumas atrações de peso como o Museu de História Natural, o Metropolitan e o Guggenheim Museum, além de um maravilhoso restaurante à beira do lago, o Loeb Boathouse, próximo à Bethesda Fountain.

 

     No canto sudoeste do parque, próximo a saída da rua 72nd, se encontra o Strawberry Fields, uma homenagem ao cantor John Lennon que foi assassinado nas redondezas, próximo ao Edifício Dakota, onde ele morava. 

 

     Não é recomendável passear pelo parque durante à noite, apesar de que hoje em dia não há tanto perigo como no passado. Não dê sopa para o azar. 

 

Onde:  o Central Park se encontra entre as ruas 59th (Central Park South) e 100th, e entre as avenidas 5th  e 8th

Metrô:  estações 59th Street / Columbus Circle nas linhas Azul _AAzul _CLaranja _B, Laranja _D, Vermelha1; estações 72nd, 81st, 86th, 96th, 110

nas linhas Laranja _B e Azul _C.

Horários: o parque não fecha.

City Pass: incluído para aluguel de bicicletas

Site: www.centralparknyc.org

 

Central _park 02

Central Park durante o inverno. Foto: Paula Fonseca.

 

RESTAURANTE LOEB BOATHOUSE: 

Onde:  se encontra no Central Park, na East Drive, a 900 metros do Metropolitan Museum. Não há estação de metrô próxima então sugiro pegar um táxi.

Horários: almoço das 12h às 16h e jantar das 17:30 às 21:30. 

 

Central _park 01

Central Park visto do Top of the Rock. Foto: Fernando D'Angelo.

High Line Park

High Line Park

     Uma das mais novas áreas verdes de Nova Iorque é um pouco peculiar. O High Line Park foi construído em um antigo viaduto ferroviário que iria ser demolido, mas por força dos moradores da região foi transformado em um parque linear elevado com o passeio para pedestres, bancos para descanso e jardins. Sua extensão total é de 1600 metros de comprimento. Existem vários acessos ao longo do elevado.

 

Onde: o parque começa na Gansevoort Street e termina na 30th Street

Metrô: a estação mais próxima ao sul é a 14th Street. Ao norte a estação mais próxima é a 34th Street / Penn Station, ambas tem acesso pelas linhas Azul _AAzul _C e Azul _E.

Horários:  todos os dias das 7h às 23h

Site:  www.thehighline.org

Acessos:  14th Street, West 16th Street, West 18th Street, West 20th Street, 23rd Street, West 26th Street, West 28th Street e West 30th Street.

 

Highlinepark 02

Foto: Fabiana Lorenzetti.

Brooklyn Bridge

Brooklyn Bridge

     A ponte do Brooklyn liga a região de Lower Manhattan com o bairro do Brooklyn, atravessando o East River. Foi a primeira ponte suspensa do país, construída entre 1869 e 1883.

 

     A ponte oferece uma pista exclusiva para pedestres e ciclistas que segue paralela aos carros. Muitas vezes turistas desligados atravessam a faixa para o lado dos ciclistas causando algum tipo de desconforto. O percurso total tem aproximadamente 2400 metros sendo que deste total apenas 600 metros está acima do East River.

 

     Sugerimos começar a caminhada pelo Brooklyn pois a vista de Manhattan é mais bela do que no sentido contrário. Para isso pegue o metrô até uma das estações listadas abaixo e caminhe 500 metros até o início da passarela.

      

Brooklyn _bridge 03

Manhattan vista da Brooklyn Bridge. Foto: Elexina D'Angelo. 

 

Onde:  no lado do Brooklyn a pista de passeio se inicia na altura da Tillary Street e termina no lado de Manhattan em frente ao City Hall Park.

Metrô: as duas estações mais próximas no Brooklyn se encontram a 400 metros do início da passarela. São elas: estação Hight Street nas linhas Azul _A e Azul _C ou a estação Clark Street nas linhas Vermelha2 e Vermelha3.

     As estações mais próximas do início da ponte no lado de Lower Manhattan são a Brooklyn Bridge / City Hall nas linhas Verde4Verde5 e Verde6 ou a estação Chambers Street nas linhas Marrom _J e Marrom _Z.

Site: www.brooklynbridgepark.org

 

Brooklyn _bridge 01

Foto: Elexina D'Angelo.

Financial District

Financial District

Foto acima: Urban. 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License

 

     No extremo sul de Manhattan, em uma região conhecida como Financial District (Distrito Financeiro) se encontram alguns ícones da cidade. A Wall Street, uma das ruas mais famosas e importantes do mundo, abriga em seus 600 metros de comprimento a New York Stock Exchange (Bolsa de Valores de Nova Iorque) e o Financial Hall, edifício histórico construído em estilo neoclássico no qual o primeiro presidente dos Estados Unidos, George Washington, tomou posse em 1789, e uma estátua em sua homenagem se encontra em frente ao belo edifício.

 

     Seu nome tem origem em um muro construído para defender a cidade no passado. Este muro não existe mais. No final da Wall Street é possível visitar a Trinity Church (Igreja da Trindade) uma das mais antigas da cidade construída em estilo neogótico, fundada em 1697 pelo rei britânico William III.

 

Wall _street 03

 Federal Hall e a estátua de George Washington. Foto: Paula Fonseca.

 

     Próximo ao Battery Park se encontra a Bowling Green, uma pequena praça onde acredita-se que o holandês Peter Minuit pagou US$ 24,00 aos nativos para adquirir a ilha de Manhattan. A grande atração em Bowling Green é o Charging Bull, uma estátua de bronze de 3,2 toneladas de autoria do escultor Arturo di Modica. Todos que passam por lá passam a mão na escultura para trazer sorte financeira. 

 

Onde: no extremo sul da ilha, em Lower Manhattan

Metrô: estaões Wall Street nas linhas Vermelha2Vermelha3Verde4 e Verde5 ou estação Bowling Green nas linhas Verde4 e Verde5.

 

Wall _street _bull 02

O Chargin Bull em Bowling Green. Foto: Elexina D'Angelo.

 

Wall _street 05

Interior gótico da Trinity Church. Foto: Daniel Schwen. 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License.

Museu de História Natural

Museu de História Natural

     O Museu de História Natural Americana é um dos mais procurados do país. Ele ficou mais famoso após o filme "Uma Noite no Museu" mas mesmo antes dele o museu já atraía muitos visitantes. São muitas exibições desde as permanentes até as temporárias. É necessário mais que um dia para visitar tudo portanto recomendo selecionar alguns setores de interesse para agilizar a visita e não torná-la cansativa.

 

     Os pontos fortes do museu são o esqueleto de dinossauro no saguão principal e o setor de esqueletos de dinossauro, além do planetário (do lado externo), o setor de ciências e o setor das antigas civilizações pré-colombianas (Hall of Mexico and Central America). O Brasil está presente nas exibições sobre fauna e flora do planeta. Fique indignado com o mapa que representa a Amazônia, que segundo os norte-americanos, cobre todo o território brasileiro.

 

Onde: Central Park West com a 79th Street

Metrô: estação 81st nas linhas Laranja _B e Azul _C.

Horários: todos os dias das 10h às 17:45.

$: US$ 22,00 somente para o Museu ou US$ 27,00 incluindo o museu e o Planetarium.

City Pass: incluído

Site: www.amnh.org

 

Natural _history 02

Foto: Paula Fonseca.

Metropolitan Museum

Metropolitan Museum

     É talvez, o mais interessante museu da cidade e o segundo museu mais visitado no mundo em 2012. O Metropolitan Museum foi fundado em 1820 e abriga uma grande coleção de pintura européia dos séculos XII ao XX e peças de antigas civilizações (grega, romana, egípcia e mesopotâmica), além de obras artísticas de autores norte-americanos. 

 

     Assim como os outros museus ele é enorme e para ver tudo são necessários dias de visita mas dá para resumí-lo em algumas horas selecionando previamente os setores de interesse pessoal.

 

     Dentro do museu existem diversas cafeterias e um restaurante, o Members, que é muito procurado tanto no almoço quanto no jantar.

 

Onde: 5th avenue altura da rua 82nd

Metrô: as duas estações de metrô mais próximas se encontram a 800 metros do museu. São elas: 77th Street na linha Verde6 e 86th Street nas linhas Verde4Verde5 e Verde6.

Horários: de domingo à quinta das 10h às 17:30 e de sexta e sábado das 10h às 21h.

$: US$ 25,00

City Pass: incluído

Site: www.metmuseum.org

 

Metropolitan 02

Sala Greco-Romana. Foto: A. Balet. 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.

 

Intrepid Museum

Intrepid Museum

     Um dos museus mais interessantes de Nova Iorque e pouco divulgado no Brasil é o Intrepid. Ele foi construído no Pier 86 onde está atracado o antigo porta aviões da Marinha Americana, o USS Intrepid, construído durante o final da II Guerra Mundial.

 

     Conheça a parte interna do navio assim como seu convés onde estão expostos alguns aviões caças. Um submarino e um simulador de Força-G completam o complexo.

 

Onde: fica na avenida 12th com a rua 46th. Não há metrô próximo. Sugerimos seguir a pé ou de ônibus até o pier 86.

Horários: de segunda à sexta das 10h às 17h. Sábados, domingos e feriados das 10h às 18h.

$: US$ 24,00 para entrar no submarino e para ver a exposição sobre o filme Intrepid. US$ 31,00 inclu também os caças. US$ 42,00 incluem também uma volta no simulador e um audio guia.

City Pass: incluído

Site: www.intrepidmuseum.org

 

Intripid 02

Foto: Paula Fonseca.

Guggenheim Museum

Guggenheim Museum

     O Museu Guggenheim abriga uma importante coleção de arte moderna, rivalizando com o MOMA (Museu de Arte Moderna de Nova Iorque). Seu projeto arquitetônico com a fachada em curvas com linhas foi elaborado pelo arquiteto norte-americano Frank Lloyd Wright, respeitando o tema do museu. 

 

Onde: 1071 5th avenue com a 89th street

Metrô: a estação mais próxima é a 86th Street nas linhas Verde4, Verde5 e Verde6 a 600 metros do museu.

Horários:  fecha ás quintas-feiras. De domingo à quarta e sexta-feira das 10h às 17:45. Aos sábados das 10h às 19:45h

$:  US$ 22,00, exceto aos sábados das 17:45 às 19:45 onde o visitante paga o quanto quiser.

City Pass:  incluído

Site: www.guggenheim.org

Madame Tussauds

Madame Tussauds

     A famosa rede londrina do museu de cera Madame Tussauds tem uma filial em Nova Iorque, próximo da Times Square. Quem ainda não conhece terá a oportunidade de conhecer um dos museus mais divertidos do planeta. Os "bonecos de cera" são fiéis quanto à altura e ao físico dos personagens que eles representam, entre eles políticos, atores, esportistas, cantores entre outros.

 

Onde: 42nd street entre as avenidas 7th e 8th.

Metrô:  estação Times Square / 42nd Street nas linhas Vermelha1Vermelha2Vermelha3Roxo7Amarela _NAmarela _QAmarela _RCinza _S  ou estação 42nd Street Port Authority Bus Terminal nas linhas Azul _AAzul _C e Azul _E.

Horário: abre todos os dias. De domingo à quinta das 10h às 20h e de sexta à sábado das 10h às 22h.

Preço: adquirindo no local o ingresso custa US$ 36,00 por pessoa. Comprando online o valor é de US$ 28,00 por pessoa.

City Pass: incluído

Site:  http://www.madametussauds.com/NewYork/

New York Public Library

New York Public Library

Foto acima: Diliff. 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 2.5 Generic License.

 

     A New York Public Library (Biblioteca Pública de Nova Iorque) é um sistema de bibliotecas públicas com várias unidades espalhadas pelos bairros da cidade que abrigam no total mais de 53 milhões de itens, sendo a segunda maior dos Estados Unidos e a terceira do mundo.

 

     O edifício principal, Stephen A. Schwarzman Building, é uma das mais interessantes atrações gratuitas da cidade. Sua construção em estilo beaux-arts foi concluída em 1911.

 

     Dentre os principais destaques estão a sala de leitura para aproximadamente 500 pessoas, a Map Division (Sala dos Mapas) com 431 mil mapas além de 16 mil atlas e outros livros cartográficos, o Exhibition Hall, onde se encontram  manuscritos sobre muitos autores ingleses e por fim, os famosos leões de mármore que se encontram no lado externo, que ficaram famosos no filme Os Caça Fantasmas.

 

Onde: 5th Ave. com a 42nd Street, ao lado do Bryant Park.

Metrô:    estação 5th Ave na linha Roxo7; estação 42nd Street / Bryant Park nas linhas Laranja _BLaranja _DLaranja _FLaranja _M.

Horário: abre todos os dias às 10h da manhã. O fechamento varia de acordo com o dia da semana. Às segundas, quintas, sextas e sábados a biblioteca fecha ás 18:00; às terças e quartas fecha às 20h e aos domingos ás 17h.

Preço: entrada gratuita.

Site:   www.nypl.org/locations/schwarzman 

Madison Square Garden

Madison Square Garden

     O Madison Square Garden é a principal arena multi-uso da cidade, onde acontecem shows, eventos, partidas de boxe, basquete e de hockey no gelo. É a casa dos times locais New York Knicks, no basquete, e New York Rangers, no hockey.

 

     Assistir a uma partida de basquete ou de hockey no gelo faz parte da cultura norte-americana. Se você se interessa por esportes não perca esta chance, ou se não acontecer nenhuma partida durante sua estadia na cidade aproveite para fazer um tour guiado e conheça o ginásio, os vestiários e as áreas vip da arena. 

 

Onde: 4th Pennsylvania Plaza, na 8th avenue entre as ruas 31st e 33rd

Metrô:   estação Penn Station / 34th Street nas linhas Vermelha1Vermelha2Vermelha3ou estação 34th Street / Herald Square nas linhas Laranja _BLaranja _DLaranja _FLaranja _MAmarela _NAmarela _Q e Amarela _R a 500 metros.

Ingressos: é recomendável adquirir os ingressos com antecedência para assistir as partidas de basquete ou hockey no gelo. Você pode adquirí-los no site abaixo, assim como os ingressos para o tour guiado. Basta preencher o formulário para o MSG All Access Tour e guarde o pedido. Você receberá uma confirmação por e-mail que deverá ser entregue e pago na bilheteria local. O valor do MSG All Access Tour é de US$ 18,00.

Site:  www.thegarden.com

 

 

Madison _square 02

Fachada esterna. Foto: Paula Fonseca.

Roosevelt Island

Roosevelt Island

     O bondinho (cable car) que liga Manhattan com a Roosevelt Island segue paralelo à Queensboro Bridge. Não há muito o que fazer em Roosevelt Island. Muitos turistas chegam de bonde e vão embora de metrô. Não é um passeio imperdível mas se você tiver tempo ou estiver passando por lá, aproveite.

 

Onde: embarque na Tramway Plaza na esquina da 60th Street e a 2nd Avenue.

Metrô: na ilha se encontra a estação Roosevelt Island na linha Laranja _F. No lado de Manhattan a estação mais próxima do local de embarque é a 59th Street nas linhas  Verde4Verde5Verde6Amarela _NAmarela _Q e Amarela _R.

Horários:  de segunda à quinta das 6h às 2h da madrugada. Às sextas e sábados das 6h às 3:30 da madrugada.

$:  o metrocard é aceito. O bilhete avulso custa US$ 2,50 cada corrida. 

Site:  http://rioc.ny.gov/tramtransportation.htm

Grand Central Station

Grand Central Station

     A Grand Central Station é um dos grandes terminais de trem da cidade de onde partem as locomotivas que ligam a ilha com os bairros da periferia ao norte e outras cidades da região metropolitana.

 

     O mais interessante nesta estação é o belo edifício no estilo arquitetônico beaux-arts com pé-direito de 22 metros de altura, passarelas revestidas de vidro e um teto abobadado. No subsolo existe um mini shopping com 68 lojas e uma praça de alimentação com 35 opções para fazer uma refeição.

 

Onde: esquina da 42nd Street e a Park Avenue.

Metrô: estação Grand Central nas linhas Cinza _SVerde4Verde5Verde6 e Roxo7.

City Pass: incluído para o audio tour

Site: www.grandcentralterminal.com